Michele Daiana: O Twitter matou a minha leitura

O Twitter matou a minha leitura

Já li livros enormes num único dia, hoje não sei mais o que são folhas de papel. Antes eu era livreiro, hoje eu sou tweeteiro.
Não sei como comecei, mas sei como parei. Pegava livros na biblioteca da escola, depois na faculdade. Se eu não achava, comprava. Procurava em sebos. Me envolvia em histórias que não eram minhas, em tijolos de papel.
Até que um dia o diabo me mostrou o 3G, e um celular compatível com essa tecnologia. Deixei de ser antagonista nos livros que lia para me tornar protagonista de minha própria história. 140 caracteres multiplicado pelo número de coisas que vejo, vivo e penso, e crio milhares de microcontos diariamente.
Perdeu a graça saber quem vai matou quem só na página 247, sendo que eu posso ver em tempo real uma briga de mulheres bêbadas no meio da rua por causa de homem. Eu posso registrar em fotos, em vídeos. Posso divulgar na hora. Posso fazer um pequeno capitulo de um livro usando esse aparelho do inferno, que registra tudo.
Contudo, comecei a sentir falta de bruxos andando no meio da rua, de alienígenas lendo a mente de mocinhas e de mausoléus embaixo de parques de diversões. Tentei me desapegar do Twitter, do 3G, do celular, mas não conseguia. Queria contar ao mundo a maquiagem bizarra da loirinha vesga ou da camiseta rasgada do menino que usava óculos importado.
Coloquei o celular no bolso, comprei um Sherlock Homes por R$ 4.00 no metrô, abri, li 3 páginas, e quando me deparei estava acessando a rede do passarinho do inferno, e o livro já tinha ido parar em alguma estação que eu não faço ideia. Maldito pássaro. Malditas redes sociais. Maldita socialibilidade virtual.
Saudades do cheiro das folhas de papel dos livros velhos. Hoje o único cheiro de papel que eu conheço é o da minha conta de celular.


Putz, este texto fala tudo que eu estava pensando! Estes dias me deparei com vários livros E-books para baixar para o meu computador, livros que eu sempre quis ler, mas nunca consegui comprar, e na hora eu pensei: Meu deus, a que ponto eu cheguei, que vício maldito, que não me deixa largar o computador de mão para ler um livro, e então eu não baixei nada, ler um livro pelo computador é o fim da picada =/. Preferi te forças para ir até uma livraria e compra-los (mas não fui!) É, realmente ler um livro COMPLETO para mim tem sido algo RARO! Comprei vários livros no ultimo mês, e eles estão ali, intactos, alguns lidos pela metade, e outros ainda nem foram abertos! Será que eu preciso de terapia, vicio malditoooooo! ^^




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por deixar seu comentário, sua opinião é muito importante para mim ♥