Michele Daiana: Acordei, deixei o sol entrar

Acordei, deixei o sol entrar


Hoje eu acordei, depois de muito tempo, abri a janela do meu quarto. Percebi que apesar do inverno frio, havia sol lá fora. Mas não havia aqui dentro. Passei a trocar o dia pela noite, e nunca mais deixei o sol entrar. Não era o que eu queria, mais sim o que eu precisava. Ficar sem para perceber a falta que fazia. A luz entrou e eu me espreguicei de um sono que parecia eterno. Hoje eu não acordei para o dia, eu acordei para a vida. Deixei as desilusões no meu mundo de pesadelos e deixei os sonhos no lugar. Busquei forças para arrumar a cama, organizar o quarto. Mas o que eu precisava mesmo era organizar a minha vida. Busquei forças para tomar o meu café, mais eu ainda tinha tanta preguiça. Preguiça de viver. Meu medo é que talvez seja tudo igual. Eu não sabia o que me esperava lá fora. Talvez eu nem quisesse saber. Mas algo me dizia para eu tentar. Então eu tomei aquele banho, aquele que sai até a sujeira da alma, o peso da consciência. Deixei escorrer pelo ralo tudo o que estava me fazendo mal, e me fiz nova. Vesti a melhor roupa que eu tinha, fiz a mais bonita maquiagem que eu sabia fazer. E coloquei minha melhor mascara, meu sorriso. Mas não era um sorriso falso, era um sorriso de esperança. Porque hoje eu nasci de novo. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por deixar seu comentário, sua opinião é muito importante para mim ♥