Michele Daiana: Eu não sei ...

Eu não sei ...


Queria entender um pouco de toda essa inquietação do meu coração. Sei lá, ás vezes é como se faltasse alguma parte muito importante, tão importante que ás vezes sufoca. Já tentei de todas as maneiras tampar os buracos, mas é como se eles ficassem mais fundos, com o passar dos tempos. Parece que eu não pertenço mais ao lugar que eu vivi minha vida toda. É uma saudade inexplicável de coisas que eu não vivi. É uma falta que eu não sei de onde vem, nem do que é exatamente. Eu tenho esperado, talvez o tempo me de as respostas, mas passa tudo tão rápido, numa velocidade que eu não consigo acompanhar, e eu tenho ficado para traz nesta busca, sem respostas. Eu tenho tentado fazer novas amizades, me socializar, mas as pessoas ultimamente tem me dado dores de cabeça. Eu tenho ido para festas, mas eu não sou mais aquela garota que consegue esquecer o mundo com uma dose de vodka. Na verdade nunca fui. As pessoas não me atraem mais. Talvez eu só esteja cansada desta mesmice de sempre que a cidade pequena traz. Talvez eu esteja esperado atitudes de pessoas que não tem nada a me oferecer. Talvez eu tenha seguido o caminho errado, e meu coração esteja me alertando, me pedindo para voltar, ou me pedindo para ir embora. Eu não sei. Então eu tenho estado parada no mesmo lugar, a tempos, não volto e nem me vou. Mas não sei por quanto tempo, só sei que quando eu for embora, eu nunca mais volto. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por deixar seu comentário, sua opinião é muito importante para mim ♥