Michele Daiana: Wishlist: Livros que eu quero comprar em janeiro

Wishlist: Livros que eu quero comprar em janeiro


Fiz uma lista bem grande de livros que eu quero comprar nos próximos meses! Só na ultima semana comprei 10 livros e nem sei mais onde coloca-los (preciso de uma estante!). Mas 3 livros em especial eu querooo muito comprar! Fazer estas listas me mantem no foco de livros que eu realmente quero, e assim não saio como a loka dos livros comprando qualquer um com a capa bonitnha (sim, eu compro livros pela capa!).



Nesta antologia, editada por Holly Black e Justine Larbalestier, diversos contos apresentam fortes argumentos a favor de Zumbis de um lado e de Unicórnios de outro. Os argumentos, que incluem tanto pontos negativos e positivos de cada lado, são expostos por renomados autores, entre eles Cassandra Clare, Meg Cabot e Scott Westerfeld, que deixam clara sua preferência por um time ou outro.


Cartas mais íntimas que um diário, estranhamente únicas, hilárias e devastadoras - são apenas através delas que Charlie compartilha todo o seu mundinho com o leitor. Enveredando pelo universo dos primeiros encontros, dramas familiares, novos amigos, sexo, drogas e daquela música perfeita que nos faz sentir infinito, o roteirista Stephen Chbosky lança luz sobre o amadurecimento no ambiente da escola, um local por vezes opressor e sinônimo de ameaça. Uma leitura que deixa visível os problemas e crises próprios da juventude.


R é um jovem vivendo uma crise existencial - ele é um zumbi. Perambula por uma América destruída pela guerra, colapso social e a fome voraz de seus companheiros mortos-vivos, mas ele busca mais do que sangue e cérebros. Ele consegue pronunciar apenas algumas sílabas, mas ele é profundo, cheio de pensamentos e saudade. Não tem recordações, nem identidade, nem pulso, mas ele tem sonhos. Após vivenciar as memórias de um adolescente enquanto devorava seu cérebro, R faz uma escolha inesperada, que começa com uma relação tensa, desajeitada e estranhamente doce com a namorada de sua vítima. Julie é uma explosão de cores na paisagem triste e cinzenta que envolve a "vida" de R e sua decisão de protegê-la irá transformar não só ele, mas também seus companheiros mortos-vivos, e talvez o mundo inteiro. 
Assustador, engraçado e surpreendentemente comovente, Sangue Quente fala sobre estar vivo, estando morto, e a tênue linha que os separa. 



2 comentários:

  1. As vantagens de ser invisível é perfeito ♥

    Já ZumbiXUnicórnios quero demais demais demais!

    Sangue quente inspirou esse novo filme de zumbi que vai estrear? O de romance e tal. :

    Um beijo,
    Arie Felix
    omundoemaiorqueomeuquarto.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sangue Quente inspirou o filme sim! Quero muito ler o livro antes da estréia do filme, porque depois que vejo o filme desanimo do livro!

      Bjuu,
      Obrigada pela visita!

      Excluir

Obrigada por deixar seu comentário, sua opinião é muito importante para mim ♥