Michele Daiana: Vai, menina!

Vai, menina!


Então vai, menina. Prepara uma avenida que a felicidade quer passar. Afasta o tráfego dos carros do medo, joga o que tem de ruim pra cima como se fosse confete e sorri. Sorri, porque vale a pena. Vai, menina! Eu até deixo você ser triste por um tempo, quando tiver a fim de ser. O problema de ser feliz sempre é que, quando a gente não quer ser, todo mundo fica perguntando o porquê. Então vive, porque a vida é uma mistura. Felicidade, tristeza, angústia, saudade, amor, carinho. Explode de sentimentos, vai. Sente aquele frio na barriga, a brisa do vento, o carnaval. Anda logo, menina! A vida é urgente. Quando você vai ver, já passou. Então vive intensamente, vive uma vida bem vivida e mergulha nas coisas que fazem teu eu. Me dá a mão, busca apoio, a gente não vive sozinho. Ninguém vive sozinho. A gente vive junto. Eu, você, ele, nós. Então vem, vai. Aproveita o que você recebe pra chegar no final tendo a certeza de que se viveu. A gente tem uma vida inteira pra contar sobre a vida inteira… Então vai, menina. Aproveita a dor, a melancolia, o sonho, a alegria, a união, o namorado, a companhia. A vida é tua, e a única responsável por ela é você mesma. Grita, se diverte, vive! Só quem sabe de você é você. Vai, menina. Vai.

Sobre a autora: Alice Wegmann é atriz e interpreta Lia na novela Malhação, se diz grande fã de Martha Medeiros e escreve textos nas horas vagas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por deixar seu comentário, sua opinião é muito importante para mim ♥